O Laboratório de Bioprospecção de Moléculas Antimicrobianas (LABIMAN) do NPDM da UFC foi criado em 2011, pelo Professor Hélio Vitoriano Nobre Júnior e, desde então, vem se dedicando a busca de moléculas com promissora atividade antimicrobiana e o estudo dos seus mecanismos de ação. Essa busca acontece por duas diferentes maneiras: através do isolamento e purificação de moléculas obtidas de fontes naturais (plantas, animais e mico-organismos) por nossos parceiros químicos e bioquímicos. E através do redirecionamento de fármacos, dando um novo olhar farmacodinâmico à fármacos de outras indicações terapêuticas que possam ter aplicação antimicrobiana.

Em paralelo aos estudos de prospecção de moléculas ou fármacos antimicrobianos, o LABIMAN realiza em parceria avaliações farmacotécnicas dos promissores candidatos onde parâmetros como solubilidade, estabilidade, liberação in vitro, pH, espalhabilidade e viscosidade são avaliados, bem como ensaios toxicológicos.

Após a averiguação destes parâmetros, o LABIMAN intensifica as ações no desenvolvimento de formulações a serem testadas em modelos in vivo de infecção. Ao final de todas essas análises químicas, bioquímicas, microbiológicas, farmacológicas, toxicológicas e farmacotécnicas, nosso grupo juntamente com os parceiros envolvidos, vislumbra obter patentes de novas formulações e/ou associações, patentes de novas aplicações e/ou patentes de compostos inéditos com atividade antimicrobiana isolada ou em associação.

O seu corpo de pesquisadores é composto pelos doutores Cecília Rocha da Silva, Rosana de Sousa Campos e Bruno Coêlho Cavalcanti.

Dentre as linhas de pesquisa adotadas temos: Estudo do potencial antifúngico de fármacos com outras indicações terapêuticas (redirecionamento de fármacos); padronização de testes de sensibilidade e avaliação da resistência de leveduras patogênicas.

A convergência dessas linhas de pesquisa de modo integrado e fundamentado no conhecimento da fisiologia microbiana materializa-se em aplicações práticas dos conceitos e técnicas previamente estabelecidos na forma de dissertações, teses e publicações científicas, contribuindo na capacitação de recursos humanos de elevado padrão científico.

Colaboradores do LABIMAN

No âmbito das colaborações, merece destaque especial o Departamento de Biologia da UFC por intermédio do Professor Thalles Barbosa Grangeiro, Departamento de Química Orgânica e Inorgânica da UFC, por intermédio dos professores Mary Anne Sousa Lima, Jair Mafezoli e Francisco Geraldo Barbosa, e Departamento de Farmácia por intermédio do Prof. Said Gonçalves da Cruz Fonseca, os quais vêm contribuindo decisivamente para o sucesso do LABIMAN.

O LABIMAN possui colaborações formais, sejam na forma de acordo de cooperação ou de projeto de pesquisa. São elas: Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O LABIMAN encontra-se aberto a novas colaborações que possam contribuir de maneira positiva para ampliar o arsenal farmacologico de antifungicos e antibacterianos.